Olá galerinha, tudo bem com vocês? Depois de umas semanas conturbadas estou de volta, com uma dica essencial para os fãs da série e uma oportunidade ideal para quem ainda não conhece, preparados?
Em plena década de 1960, os Estados Unidos estão passando por profundas mudanças políticas e sociais, e Terry Ives, estudante de uma cidadezinha em Indiana, se vê à parte dos acontecimentos. Cansada de ser uma mera espectadora das mudanças à sua volta, ela enxerga sua grande chance de entrar para a história ao se voluntariar para participar de um projeto ultrassecreto do governo chamado MKULTRA, realizado no laboratório de Hawkins.

É lá que ela conhece o dr. Martin Brenner, um homem cruel capaz das maiores atrocidades para alcançar seus objetivos. Terry logo se vê presa em uma trama repleta de manipulações e perigos, travando com Brenner uma guerra em que a mente humana é o campo de batalha. E sua única chance de vitória reside em uma menininha com poderes sobre-humanos e um número no lugar do nome.

~

Como grande fã da série fiquei extremamente feliz ao saber dessa publicação no Brasil, e adianto que mesmo simples a edição está caprichada com uma capa maravilhosa e letras holográficas.

Em relação a narrativa prometeu mais do que cumpriu. Comprei a idéia de que o livro viria a solucionar um dos maiores mistérios que rondam a série - o laboratório de Hawkins - mas no fim das contas serviu mais como uma introdução do que outra coisa, mostrando quem é Kali (Eight), a origem de Eleven e como ela nasceu.


A trama envolvendo Terry Ives é uma aventura "a parte" tal como a série que mostra os meninos e o laboratório, a autora seguiu o mesmo esquema tornando bem dinâmica e interessante essa alternância de histórias. Como se passa nos anos 60 tem todo aquele pano de fundo visto em Nix e As Garotas, envolvendo a Guerra do Vietnã, Charles Manson e a chegada do homem á Lua, é realmente interessante essa parte do contexto histórico.

Um aspecto interessante foi como a autora explorou o Vazio, presente na série desde o primeiro episódio, um conceito tão abstrato que sinceramente eu não tinha entendido até ler a obra, ficou fácil de visualizar e saber o funcionamento, ponto positivo pro livro.


Os capítulos se prolongam demais e o livro poderia ser mais curto, senti uma leve esticada em algo de resolução simples, a parte boa é que mesmo assim consegue prender bem e cumpre com a proposta de entretenimento. Como dito anteriormente esperei revelações, é um livro bom, bem escrito mas que não passou no quesito "respostas", quem é fã da série vai gostar e quem nunca assistiu fica como uma ótima introdução pois o arco narrativo se passa muito antes da história que conhecemos da TV.

Leva 3 estrelas, recomendado principalmente para os fãs da série mas evitem expectativas. Ótima leitura de verão ou pode ser usado para relaxar também, no fim das contas é uma aventura gostosa de acompanhar, cheia de ação, com personagens fortes e lições no meio do caminho. Teve tempo até para representatividade LGBT com um personagem gay, expulso de casa por amar outro rapaz, lindo não é mesmo?!



Esse é o primeiro volume de uma série que promete estender o universo Stranger Things, os próximos irão mostrar as origens de Hopper e Max respectivamente e já foram lançados lá fora. É esperar a Intrínseca nos presentear com essas maravilhas muito em breve.


Compre:

Ebook
Físico

0 Comentários