E aí galerinha, tudo certo?! O livro de hoje é uma cópia exclusiva, pois ainda será lançado, trata de temas LGBT e bullying, preparados?
Jack Pedersen acha a vida complicada desde que se assumiu para a Mãe. Mesmo ela fazendo o melhor para entendê-lo, fica óbvio que a Mãe dele quer chorar sempre que ouve a palavra "gay".

As coisas só pioram quando um novo aluno chamado Benjamin chega na escola, e Jack começa a experimentar sentimentos que ele nunca se permitiu antes. Quando uma tragédia acontece e vira tudo de ponta cabeça, Jack percebe que é hora de parar de se esconder e mostrar o que ele é - por Orgulho, por Benjamin e por ele mesmo.

~

Poderia ser apenas mais uma obra LGBT que trata de adolescentes se descobrindo, mas a autora fez a escolha certa em tratar de temas pesados se aprofundando deles o máximo possível. O destaque aqui são a homofobia, bullying na escola, e a questão da auto aceitação, afinal de contas nem sempre é fácil "sair do armário", e justamente essa realidade é mostrada por aqui dando um ponto positivo para a narrativa que foge da utopia onde todos são felizes, aceitos e coloridos.


A história é bem fluída, mesmo tensa é uma delícia de ler além de deixar sempre aquele gostinho no fim de cada capítulo. Jack é um menino introspectivo que nada sabe da vida, se assumiu para a Mãe e alguns amigos, e por conta disso sofre bastante na escola com os grandalhões perseguindo-o sem motivo. O lado artístico é afloradíssimo na obra, o protagonista tem mãos de fada para desenho, e Benjamin constrói um arco-íris 3D que dá título ao livro, tendo destaque numa "feira de talentos" da escola.

Até que Benjamin chega para mudar tudo no que diz respeito a vida e os significados das coisas, é realmente encantador. Perto do fim o livro foca numa Parada do Orgulho que eles estão organizando e termina nisso, senti que poderia ter explorado melhor sem deixar de ter mostrado o resultado da passeata. Os valentões aqui não tem o mínimo de escrúpulos e nos deixa com muita raiva, mais um toque de realidade no livro para enriquecer a história.
Sem dúvidas é o tipo de livro que prende minha atenção totalmente, apesar de uns clichês aqui e ali - o que é normal nesse tipo de narrativa - gostei bastante, me apeguei aos personagens, e gostei mais ainda do final dado pela autora. Bela surpresa e leva 4 estrelas.



PS: O bacana é que a história de Jack e Ryan existe em um livro anterior chamado Caterpillars Can't Swim, mas nem se preocupem pois ficamos sabendo o que aconteceu anteriormente por meio de flashbacks. Acho bem legal essa idéia de construir um universo com os personagens.


Quotes:

How can it be against the law to fall in love? 
Desde quando  é contra a lei se apaixonar?

So many people have made my life difficult for so many years that I’ve had to work at holding onto myself and not letting them make me into the kind of person who hates. 
Tantas pessoas por tantos anos dificultaram minha vida que eu tive que aprender a lidar comigo mesmo para não me tornar o tipo de pessoa que se auto deprecia.

If everyone just decides to treat everyone else with kindness, it all goes away.
Se todo mundo apenas decidir tratar os outros com gentileza, tudo isso acaba.

0 Comentários