E aí galerinha, tudo certo? Atualmente estou numa vibe muito ficção científica sendo assim o livro de hoje não poderia ser muito diferente, estão preparados para viajar no futuro?

O que faria se tivesse um vislumbre trágico do seu próprio futuro? Tentaria mudar as coisas, ou aceitaria que o futuro é imutável? Em Flashforward - Presságio do Futuro, é iniciada uma experiência científica que conduz ao inesperado: o mundo inteiro cai inconsciente por instantes e todas as mentes são projetadas vinte anos no futuro.

Quando a humanidade desperta, o caos impera por todo o lado: carros arruinados, cirurgias falhadas, quedas, destruição em massa e um elevado número de mortes. Mas esse é apenas o início. Passado o choque das visões, cada indivíduo tenta desesperadamente evitar ou assegurar o seu próprio futuro vislumbrado… Expondo as perspectivas de várias personagens, Robert J. Sawyer realiza uma brilhante reflexão filosófica sobre viagens no tempo, consciência, destino e o que significa ser humano

~

Uma obra que dá possibilidades ao leitor e um leque de assuntos a serem discutidos não só durante a leitura, mas com aquela pegada existencialista que de deixa com muitas dúvidas além dos "E se?".

A ficção científica tem como um dos objetivos provocar, colocar pra pensar e instigar o leitor, esse livro cumpre até demais com esse papel. Com uma ideia simples de apagão mundial o autor cria um mundo em cima disso nos levando a crer que de fato aconteceu ou que é possível, tentando explicar os fatos usando teorias da física quântica, nos fazendo acreditar em viagens no tempo por exemplo, e até na possibilidade de reescrever o passado.


O que difere esse livros dos outros "parecidos" é a profundidade no tema sem ficar chato, explicando ao leitor de um modo que fique compreensível nos fazendo embarcar junto nessa viagem toda. Ainda dá tempo de discutir questões de humanidade, avanços tecnológicos e o impacto que esse apagão teve em toda sociedade afinal de contas foi um acidente de ordem mundial.
Particularmente gosto MUITO do tema central então foi fácil me convencer, a escrita é frenética e raramente tem partes sem ação, lá no final que ele vem filosofar sobre um futuro muito distante (coisa de milhões de anos) entrando no tópico da imortalidade, e nisso ele perdeu um pouco a mão.

Lembra um pouco Matéria Escura e Perdido em Marte, portanto se você é do tipo que não tem paciência com explicações complexas baseadas em ciência passe longe do livro, caso contrário irá se deleitar. Não posso falar muito da história pois estraga a surpresa e sou totalmente contra spoiler, pra mim estraga a experiência, mas há romances aqui bem desenvolvidos além de uma trama no estilo gato e rato, lembrando um pouco Phillip Dick onde um personagem investiga sua morte que ainda irá acontecer dentro de 21 anos no futuro, é muito eletrizante.


Leva 4 estrelas pela construção do enredo, a base científica mesmo "leve" conseguiu profundidade além de fazer parte da trama, não sendo apenas um motivo para o livro existir mas se confundindo com a história do mesmo. Vale a pena, só digo isso.




Compre:

Ebook (grátis no Unlimited)
Físico

0 Comentários