E aí galerinha, tudo bem com vocês? A novidade por aqui é um gênero que apesar de gostar bastante tenho lido pouco porém esse é um caso de que qualidade supera a quantidade, preparados?!
Robôs gigantes conhecidos como Ceifadores invadiram a galáxia e destruíram planetas e civilizações inteiras, criando nos que restaram uma aversão às máquinas. Desde então, foram implementadas políticas de perseguição e extermínio de robôs. Essa caça implacável põe em risco a vida de Tim-21, um jovem androide de aparência humana que passou uma década num sono profundo, mas que pode conter em seu código vestígios dos assassinos do passado, o que faz dele o ser mais procurado do universo. Por isso, só resta a Tim-21 fugir.

Ao lado dos amigos Bandit e Perfurador, ele percorre planetas e galáxias, desviando de inimagináveis perigos com um único objetivo: sobreviver.

~

Mais uma história incrível do maravilhoso Jeff Lemire atual dono do meu coração quando o assunto são HQ's.
Com uma narrativa nada convencional Jeff nos joga com força em um universo estranho, futurista e distópico, cheio de rivalidade entre seus habitantes sem nenhuma cerimônia nos apresentando lentamente a dinâmica geral da história e mesmo nos deixando confuso nesse primeiro contato o fascínio é igualmente proporcional, talvez isso seja culpa da arte que também não segue os modelos convencionais encantando qualquer leitor fã de ficção científica em um combo de extrema estranheza.

É inegável a semelhança narrativa (a maneira de contar a história) com Black Hammer, um dos motivos da minha histeria pois como bem sabem amo essa série, mas as semelhanças param mesmo por aí afinal de contas Descender nos entrega uma experiência totalmente nova, se for para fazer comparações diria que é um tributo a obra de Asimov e seu amor pela robótica.

Me surpreendi com a complexidade envolvida, a construção do universo, os desenhos ricos em detalhes, cores, além daquela atmosfera sombria bem característica do autor contribuindo para nos deixar um pouco mal com o decorrer dos eventos apresentados. A alternância entre passado e presente se mostra eficiente mantendo o ritmo de leitura sem atrapalhar o arco anterior, todos os personagens ganham a devida atenção sem deixar nenhum furo mesmo se tratando de um primeiro volume.

Aliás, vale salientar que nem tudo será respondido nesse primeiro contato, conhecendo o autor eu já suspeitava disso, teremos algumas respostas arrisco dizer as principais, mas outras serão abertas além de questionamentos acerca dos motivos daquilo ter acontecido.
Também vale de aviso: o autor nem sempre é claro nas explicações, e se você não for o tipo de leitor que gosta de resolver quebra-cabeças durante a leitura encaixando as informações talvez fique um pouco desanimado mas eu particularmente amo esse aspecto, afinal de contas dá brecha para discussões e teorias conspiratórias.

Lembrando que a série foi concluída lá fora em 6 volumes contendo 6 edições cada, mas para a nossa felicidade o autor acabou de lançar uma continuação direta chamada Asceder que acontece 10 anos após o último volume dessa história que vos indico fortemente.


Vocês ainda tem dúvidas das 5 estrelas?! Fica a dica de um ÓTIMO presente para o Natal, vale muito a pena essa história, uma verdadeira surpresa para fechar o ano com boas leituras.



Detalhes da Edição

Preciso confessar uma coisa: Detesto tirar foto de HQ por causa do papel brilhante, então sempre que tiver resenha de uma por aqui vou mostrar os detalhes em vídeo é até melhor de ver o conteúdo.




Compre:

Físico

*Inserindo o código DESCENDER10 você ganha 10% de desconto!

0 Comentários